Questões de análise do trabalho realizado nesta Tese de mestrado, sobre a aplicação de um questionário.

A leitura, análise e apreciação deste trabalho, permitiu que me apercebesse de algumas exigências para este tipo de método de recolha de dados.

A análise foi elaborada em grupo (Corto Maltese), de acordo com questões colocadas pelo professor.

Questão: A autora apresenta claramente os objectivos de investigação que presidiram à elaboração do questionário?

No primeiro capítulo, pag. 12-13, a autora apresentou claramente 4 objectivos gerais que deram lugar a este estudo, os quais passamos a citar:

  • Verificar as condições de acesso à Internet (professores e alunos).
  • Caracterizar a relação de professores e alunos com a Internet, numa

perspectiva comparativa.

  • Analisar as representações dos dois grupos, no que respeita à Internet e

            ao seu papel na sociedade, em geral, e na educação formal, em particular.

  • Averiguar a forma como os alunos realizam uma pesquisa na Internet. 

Nas pag. 64 e 65 da sua dissertação mencionou claramente ainda os objectivos específicos do estudo, nomeadamente:

 

  • Verificar a facilidade de acesso (ou não) à Internet.
  • Verificar a frequência de acesso à rede.
  • Apurar as razões de uma fraca navegação na Internet (se for o caso).
  • Identificar os interesses que motivam o acesso à rede.
  • Caracterizar a relação dos dois grupos com a Internet, em termos técnicos.
  • Identificar as representações que os actores educativos têm acerca dos

conteúdos presentes na rede e sua organização.

  • Verificar o grau de importância atribuída à Internet.
  • Aquilatar o grau de confiança relativamente aos conteúdos que circulam na Internet.
  • Comparar as perspectivas e práticas dos dois grupos alvo.

 

Questão: Na dissertação apresentada há indicação dos passos que estiveram subjacentes à construção do questionário?

Embora fosse referido o passo da validação do questionário e da respectiva correcção, referindo a autora que o questionário foi submetido “à validação prévia necessária a um pequeno grupo de alunos e professores, tarefa esta que levou a correcção de aspectos de forma e conteúdo”, pensamos que a autora não apresenta de forma clara os passos subjacentes à construção do questionário. Mas informa que “os instrumentos de investigação utilizados foram dois questionários, um destinado a professores e outro aos alunos, constituídos por perguntas fechadas e por questões de escolha múltipla, pretendendo-se que satisfizessem os objectivos propostos”. Apresenta também, em anexo, os referidos questionários

Também não foram referidas questões de ética especificamente no que se refere aos questionários.

 

Questão: A amostra é claramente identificada?

Sim, a amostra é claramente identificada:  inquéritos realizados a:

–  350 alunos de 5 escolas (3 escolas do distrito do Porto e 2 escolas do distrito de Bragança)

– 110  professores de ambas as escolas (mas que, devido à mobilidade, são de diferentes zonas geográficas. Sem preocupação de identificação geográfica).

 

Questão: É indicado o método usado na definição da amostra?

O estudo tinha delineados os objectivos gerais e considerações sobre o que se pretendia estudar (Capítulo 1). O estudo incidiu sobre dois grupos de sujeitos (p.64). A caracterização da amostra onde foi aplicado o questionário foram escolas da zona Norte, dos distritos de Porto e Bragança, para permitir comparar os resultados entre o litoral e o interior, pelas situações geográficas que apresentam (como favorável e desfavorável) e diferentes estilos de vida que poderiam apresentar resultados diferentes. O critério de selecção foi a existência de professores que mostraram interesse em colaborar, bem como a presença de computadores com ligação à Internet ao dispor dos alunos. As escolas seleccionadas foram básicas 2, 3 (1 em cada distrito) e secundárias (2 no distrito do Porto e 1 no de Bragança) e os anos de escolaridade seleccionados foram o oitavo e nono anos.

As escolas seleccionadas obedeceram “a critérios relacionados com a existência de elos de comunicação” pelos contactos entre professores e alunos.

Os questionários foram realizados durante o ano de 2004 /2005.

Não estão claramente definidos métodos na definição da amostra, mas de acordo com o especificado acima, e na tese em análise.

Não é especificado o método formal de amostragem. Pela informação constante no documento pode-se aferir que é um método não aleatório[1], pela escolha clara do público a questionar onde se podem destacar, os métodos de amostragem:

– por conveniência (“Os casos escolhidos são os que estão facilmente disponíveis” e a selecção é do critério do entrevistador);

– por quotas (é escolhida não aleatória de tamanho determinado pela fracção de amostragem);

– Intencional snowball ou bola-de-neve (o grupo inicial de indivíduos escolhidos identifica outros com as características da população alvo).

Este tipo de amostragem não aleatória comporta desvantagens como:

a) a amostra de casos não é necessariamente representativa do universo;

b) “não permite extrapolar com confiança para o universo os resultados e conclusões tiradas a partir da amostra “;

Como vantagens podem destacar-se por serem métodos mais rápidos, baratos.

[1] O método aleatório consiste num sorteio absolutamente aleatório da amostra de incidência. Este método dá iguais possibilidades a todos os elementos representativos a estudar, no entanto,  pode ser mais dispendioso e complexo na execução.

O método não aleatório não é aconselhável quando se pretende extrapolar para o universo os resultados e conclusões obtidas com a amostra, mas pode ser útil para testar as primeiras versões de um questionário.

http://sebenta.janjos.com/index.php/AMOSTRAGEM#M.C3.A9todos_de_amostragem_casual_.28m.C3.A9todos_probabil.C3.ADsticos.29

http://www.infopedia.pt/$amostra-(estatistica)

Questão: O questionário usado foi objecto de validação prévia?

O questionário usado foi validado pela elaboração prévia de uma primeira versão “submetida à apreciação de 20 alunos e 10 professores.”

“As dificuldades, dúvidas e sugestões dos intervenientes permitiram corrigir aspectos de forma e conteúdo”, tendo sido reformuladas duas questões e acrescentados tópicos às opções de outra pergunta (p. 66).

Questão: No capítulo da explicitação da metodologia usada há indicações sobre o modo de tratamento dos dados obtidos com a aplicação do questionário?

Os dados foram analisados estatisticamente, no programa Excel, e apresentados os resultados percentualmente (p.67) e interpretados de acordo com os objectivos em estudo.

No estudo sobre “A interacção com a Internet” foi apresentada a metodologia, através da observação directa (p. 14; p. 84).